13.4.16

A Presidente da APRe! no debate sobre "DESIGUALDADE, POBREZA e POLÍTICAS PÚBLICAS" em Aveiro

Acedendo ao convite da INCLU-RIA, Associação Humanitária de Esgueira, Aveiro, no passado sábado a Presidente da APRe!, Rosário Gama, participou numa CONFERÊNCIA/DEBATE cujo tema foi: "DESIGUALDADE, POBREZA e POLÍTICAS PÚBLICAS".

De acordo com a versão on-line do Diário de Aveiro, que sob o título “39 por cento dos idosos são vítimas de violência”, faz um breve resumo da intervenção de Rosário Gama na conferência, dizendo:
  • “Só sei falar de idosos”, começou por atirar Rosário Gama, presidente da APRe (Associação de Aposentados, Pensionistas e Reformados), ontem, numa palestra promovida pela Inclu-Ria - Associação Humanitária de Esgueira, subordinada ao tema “Desigualdade, pobreza e políticas públicas”. E foi neste contexto - de pobreza - que falou desta população específica, a que a dirigente designa de “geração grisalha” e à temática a que foi convidada a abordar acrescentou a “exclusão social”. E os números que colocou em cima da mesa - ou visivelmente na tela - eram tudo menos simpáticos. Poderíamos dizer que são assustadores, reveladores da “urgência em abordar estas temáticas”, defendeu ao Diário de Aveiro Romana Fragateiro, presidente da Inclu-Ria. População envelhecida “Portugal é um país de velhos” arrancou Rosário Gama na sua apresentação, descrevendo que 19 por cento da população portuguesa tem mais de 65 anos. Admirado? Talvez não. E a presidente da APRe acredita que este número tenderá a aumentar, com um aspecto mais negativo, que se prende com o facto de estarem a nascer cada vez menos crianças, o que valida a sua afirmação inicial: Portugal está a ficar envelhecido.”
http://www.diarioaveiro.pt/noticia/4418