9.7.16

DURÃO BARROSO NO TOPO DO MUNDO

No meu livro, Por uma Sociedade Decente, falo da degradante promiscuidade de políticos e meios empresariais e dos ministros que parecem considerar a passagem pelo governo como um passo para encetar uma vida empresarial de sucesso.

Manda a verdade que se reconheça que a escala nacional não se compara com a planetária, em que a Goldman Sachs estende os seus tentáculos. Sabemos que inúmeros são os políticos que de lá vieram ou que para lá passam.

Mesmo assim, o anúncio hoje feito da contratação do ex-presidente da Comissão Europeia, Durão Barroso, para vice-presidente e consultor para os problemas resultantes do Brexit, é especialmente chocante e, mais ainda, a explicação por ele dada: "claro que conheço bem a União Europeia e também conheço relativamente bem o ambiente do Reino Unido, se o meu conselho puder ser útil nestas circunstâncias claro que estou pronto a contribuir".

Seria inútil tentar explicar ao Dr. Durão Barroso que aquilo que se esperaria de um ex-presidente da Comissão era que tentasse ser útil à União Europeia. A verdade é que para ele o que conta é uma carreira sempre em ascensão: primeiro-ministro de Portugal, presidente da Comissão Europeia, vice da Goldman Sachs. Seguramente sente hoje a embriaguês de poder de James Cagney no filme White Hat: "Made it ma, top of the world".

O mundo dele não é, de facto, o nosso. Ele está "muito impressionado com o compromisso da Goldman Sachs Internacional com os mais altos padrões de ética" e propõe-se reforçar a cultura de integridade, diligência e responsabilidade da empresa.

Falando da situação actual, Durão Barroso admite que houve "uma clara perda de confiança não só no Reino Unido mas também na Europa". Claro que se esquece da forma como contribuiu para essa quebra de confiança e vai continuar a contribuir. Dificilmente se encontraria, pois, pessoa menos adequada ao cargo, mas, obviamente que os seus conselhos sobre o Brexit mais não são do que formas de lobbying.

Eduardo Paz Ferreira
https://www.facebook.com/eduardopazferreira/?fref=nf