14.4.16

PORTO4AGEING, APRe! NORTE – INFORMAÇÃO/ DIVULGAÇÃO


Foi ontem apresentada, nos Paços do Concelho, a candidatura da região do Porto à classificação de ‘Sítio de Referência Europeu na Área do Envelhecimento Ativo e Saudável’, a atribuir pela Comissão Europeia no âmbito da iniciativa ‘European Innovation Partnershipon Active and Healthy Ageing’.


A candidatura será formalmente apresentada, nas respetivas instâncias, na próxima sexta-feira, dia 15 de abril – e é no âmbito dela que se insere o ‘Porto4Ageing’ (“Centro de Excelência em Envelhecimento Ativo e Saudável”).

A candidatura, apresentada e divulgada ontem, contou com a presença de Rui Moreira, presidente da Câmara do Porto, de Sebastião Feyo, reitor da Universidade do Porto, de Emídio Gomes, presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDR-N), e de Manuel Pizarro, vereador da Habitação e Acção Social.

“Rui Moreira sublinhou a importância desta iniciativa no âmbito da materialização concreta de uma efetiva "política de rede".

«Estamos a criar um espaço de discussão de questões relacionadas com o envelhecimento ativo e saudável na região metropolitana com a participação de instituições locais e regionais que trabalham e têm interesse nesta área, ou seja, estamos a construir a política de rede de que nós falamos há uns anos e que agora se começa a concretizar aqui e noutras áreas», disse o autarca.

«No âmbito desta candidatura está a ser criado um ‘Centro de Excelência em Envelhecimento Ativo e Saudável’, o ‘Porto4Ageing’, que tem como objetivo ser um centro agregador e um espaço de discussão de questões relacionadas com o envelhecimento ativo e saudável na região metropolitana do Porto, agrupando os diversos atores regionais que trabalham e que têm práticas nesta área.»

O reitor da Universidade do Porto referiu que o Porto4Ageing permitirá criar “um ecossistema agregador de boas-práticas", fomentar a "cooperação científica" e servir como exemplo para o país e referência a nível europeu.

Segundo Sebastião Feyo de Azevedo, este projeto, caso seja aprovado, constitui-se também "como oportunidade para avaliar, sistematizar e consolidar projetos e atividades promotores da coesão e inclusão social".

"Espero que, a partir daqui, sejam desenvolvidas parcerias assentes em modelos cooperativos e materializados numa distribuição de responsabilidades, promovendo respostas sociais adequadas para todos", frisou.

O resumo da sessão de apresentação da candidatura, pode ser visto em: Porto4Ageing e na reportagem do Porto Canal  .

O Porto4Ageing conta já com mais de 76 parceiros institucionais, entre universidades e centros de investigação, decisores políticos, utilizadores e indústria.

A iniciativa tentará encontrar, ainda, financiamento europeu através de um dos eixos estratégicos prioritários.”

APRe! está presente nesta candidatura, que conta com 76 entidades envolvidas na parceira deste grande projecto, que funcionando em rede, envolve parceiros de diversas áreas. A APRe! integra-o – cumprindo objectivos que são os seus, enquanto associação em defesa dos mais velhos, na perspectiva da inclusão e coesão social.