5.6.16

As renováveis avançam

Este crescimento das renováveis acontece, paradoxalmente, quando o preço do petróleo e outros combustíveis fósseis se encontra em níveis historicamente baixos. E sem as renováveis beneficiarem de subsídios governamentais superiores aos dirigidos aos fósseis, pelo contrário.


As energias renováveis (hídrica, eólica, solar, biomassa, ondas, etc.) avançam no mundo. 2015 foi um ano “record” a nível mundial. Segundo a REN21, uma organização sem fins lucrativos, com sede em Paris, nunca como no ano passado as energias renováveis aumentaram tanto a sua produção.

Este crescimento das renováveis acontece, paradoxalmente, quando o preço do petróleo e outros combustíveis fósseis se encontra em níveis historicamente baixos. E sem as renováveis beneficiarem de subsídios governamentais superiores aos dirigidos aos fósseis, pelo contrário. O que parece revelar uma maior consciência dos prejuízos ambientais provocados pelos combustíveis fósseis

Portugal não está mal colocado nesta evolução. Por exemplo, em Fevereiro passado as renováveis permitiram uma exportação inédita de electricidade e abasteceram 95% do consumo eléctrico nacional. Mas a energia solar ainda tem entre nós um insuficiente aproveitamento, comparando com a Grécia, por exemplo. Apesar de Portugal ser um dos países europeus com mais horas de sol por ano.

Francisco Sarsfield Cabral
http://rr.sapo.pt/artigo/55735/as_renovaveis_avancam