7 de janeiro de 2021

Costa admite novo confinamento (com escolas abertas). Circulação proibida este fim-de-semana

 Circulação entre concelhos estará proibida a partir das 23 horas de sexta-feira e até às 5 horas de segunda-feira. Haverá ainda recolher obrigatório às 13h em todos os concelhos com mais de 240 novos casos por 100 mil habitantes – medida só não se aplica em 25 municípios.
 
Lista dos 25 concelhos a que não se aplicam estas medidas

  1. Alcoutim
  2.  Aljezur
  3.  Almeida
  4.  Arronches
  5.  Barrancos
  6.  Carrazeda de Ansiães
  7.  Castanheira de Pêra
  8.  Castelo de Vide
  9.  Coruche
  10.  Ferreira do Alentejo
  11. Freixo de Espada à Cinta
  12.  Lagoa
  13.  Manteigas
  14.  Monchique
  15.  Odemira
  16. Pampilhosa da Serra
  17.  Proença-a-Nova
  18.  Resende
  19.  Santiago do Cacém
  20.  Sardoal
  21.  Sernancelhe
  22.  Sines
  23.  Torre de Moncorvo
  24.  Vila de Rei
  25.  Vila do Bispo 
E novas restrições podem chegar para a semana.
 

A partir das 23 horas desta sexta-feira, a circulação entre concelhos volta a estar proibida em todo o território continental e só será levantada na segunda-feira depois das 5 horas. Já o recolher obrigatório será mantido na generalidade dos municípios (mas há excepções). A proibição de circulação na rua a partir das 13h manter-se-á em todos os concelhos com mais de 240 novos casos por 100 mil habitantes, que durante o fim-de-semana continuarão com as medidas de restrição mais apertadas aplicadas no último fim-de-semana. Além do recolher obrigatório a partir da 13h, quer no sábado, quer no domingo, os municípios em risco elevado, muito elevado e extremamente elevado continuarão com o comércio e a restauração encerrados. A excepção vai para uma lista de 25 concelhos que estão em “risco moderado” de contágio e por isso apenas terão de cumprir a proibição de circulação entre concelhos (não estando sujeitos ao recolher obrigatório). 

Mas a expectativa é que a próxima semana traga ou um novo confinamento para todo o território continental (à semelhança do que aconteceu em Março de 2020, quando a pandemia chegou ao país), ou a extensão das restrições actualmente em vigor ao fim-de-semana para o resto dos dias. O aviso foi feito esta quinta-feira pelo primeiro-ministro, em conferência de imprensa após reunião do Conselho de Ministros, e reflecte não só o elevado aumento de casos diários, como a vaga de frio que o país atravessa e que está a pressionar a capacidade resposta dos cuidados de saúde.

 Ler mais aqui: https://www.publico.pt/2021/01/07/politica/noticia/circulacao-proibida-proximo-fimdesemana-quase-concelhos